Vendas via ecommerce crescem 775% em agosto

O aumento em comparação com o mesmo do período do ano passado pode ser atribuído ao aceleramento das compras online na pandemia

27 de setembro de 2021 11:04

Se antes comprar pela internet era considerada uma atividade de nicho, hoje em dia esse hábito toma cada vez mais espaço na rotina do brasileiro. Resultados recentes da maior plataforma de monetização de conteúdo para influenciadores do mundo, a LTK, mostram que em agosto deste ano houve aumento de 775% nas vendas na plataforma em comparação com o ano passado. A maior parte dos produtos mais vendidos na plataforma em agosto são de marcas brasileiras, a começar pela Zattini, uma das maiores lojas virtuais de moda do país e criada pela Netshoes. Centauro, O Boticário, e Casas Bahia são as outras marcas com melhor desempenho no período, sendo a única exceção a cadeia internacional C&A.

A necessidade de comprar sem sair de casa foi um fator determinante para esse aumento. Dados da Euromonitor de agosto passado mostram que menos de 5% das compras no Brasil foram feitas via e-commerce antes da pandemia, um número que cresceu para 11% este ano. Na LTK, os ecommerces das marcas brasileiras têm sido positivamente afetados pela decisão de apostar nesse mercado. O Boticário divulgou que, desde a integração de seus canais físicos e digitais, observou um crescimento de mais de 100% nas vendas via ecommerce. O Grupo SBF, dono da Centauro, apontou as operações digitais como responsáveis por 28% da receita total do segundo trimestre, enquanto nas Casas Bahia a porcentagem foi de 63% da receita do mesmo período.

A proposta da LTK é aliar as marcas parceiras a influenciadores digitais, gerando receita e facilitando o investimento dos varejistas nos canais digitais. Enquanto os influenciadores garantem uma comissão por venda, as marcas podem contar com o histórico de vendas e a base de dados da LTK para criar campanhas cada vez mais bem sucedidas e cada vez mais conversões. Em agosto, a plataforma registrou ainda aumento de 165% na taxa de conversão, 391% nos cliques e 1206% nos pedidos em comparação ao mesmo período de 2020.

Publicidade

Desenvolvido por: Leonardo Nascimento & Giuliano Saito